-->

Dicas Maromba

28 de junho de 2017

COMO ACABAR COM A TPM USANDO SUPLEMENTOS

suplementos para acabar com a tpm

Eu, como homem, sempre achei que a TPM fosse frescura das mulheres.
Mas só depois que casei percebi como a TPM é grave e altera tanto física, quanto psicologicamente a mulher e quem quer que esteja ao seu redor.



Sintomas da TPM

Algumas mulheres já sentem os sintomas da TPM assim que começam a menstruar, mas os sintomas tendem a piorar a partir dos 30 anos de idade.
33% das mulheres sentem algum dos sintomas da TPM, e em 5% delas, estes sintomas ocorrem de forma severa. Os principais sintomas são:
  • Inchaço
  • Retenção de líquidos
  • Seios doloridos
  • Dores de cabeça
  • Cólicas
  • Perda de libido
  • Fadiga
  • Irritabilidade
  • Variações de humor e ansiedade


TPM tem cura?

Estes sintomas são muito parecidos com os sintomas da predominância estrogênica. A mulher produz 2 hormônios sexuais principais, o estrogênio e a progesterona. Estes dois hormônios tendem a manter um equilíbrio, porém essa gangorra balança um pouco durante a menstruação.

mulher de tpm
A progesterona que deveria subir na segunda metade do ciclo menstrual, não sobe e os estrogênios acabam predominando nesta fase,  levando a todos os sintomas citados acima.

O Dr. Roberto Franco do Amaral Neto, concluiu que “se a causa da TPM é orgânica e tem uma causa base. Porque então não tratar a causa base ao contrário de usar antidepressivos e tranquilizantes”

Existem diversos fatores que contribuem para essa predominância estrogênica no corpo da mulher. Conheça alguns deles e se puder, evite-os:

Agentes tóxicos - Derivados da indústria petroquímica, como plásticos que contém bisfenol A.

Hormônios utilizados na criação de animais – Encontrados em carnes e frangos industrializados

Pílulas anticoncepcionais- E medicamentos de reposição hormonal à base de etinil estradiol

Má alimentação – Excesso de açúcar e carboidratos simples

Fitoestrogênios impróprios para o consumo humano - Principalmente as isoflavonas da soja.

Obesidade - Células de gordura produzem aromatase que convertem androgênios em mais estrogênios

Suplementos que podem diminuir os sintomas da TPM

Um estudo de 2011, feito pela UFPE (Universidade Federal de Pernambuco) renova a esperança de quem convive com o problema. Segundo os pesquisadores, ingerir uma cápsula de ácidos graxos por dia é capaz de reduzir em mais da metade os sintomas.

Os ácidos graxos são um tipo de gordura essencial para o organismo, mas não são produzidos pelo corpo humano. Estão presentes em pequenas quantidades em alimentos como peixes, linhaça, entre outros. Por isso, é  recomendado também em forma de suplemento alimentar.

Participaram do estudo 120 mulheres entre 17 e 37 anos que apresentavam diversos sintomas da TPM. Elas foram acompanhadas durante oito meses: Um grupo recebeu uma pílula com 1 g de ácidos graxos, outro recebeu 2 g e o terceiro grupo tomou placebo. Além disso, diariamente as voluntárias preenchiam uma escala de marcadores para descrever a intensidade dos sintomas.

Ao final do período, todos os grupos tiveram melhora, sem apresentar alteração nos níveis de colesterol: o primeiro grupo afirmou ter reduzido os sintomas em 64%, o segundo grupo em 74% e o terceiro, em 16%, e sem a presença de efeitos colaterais. Podem comemorar meninas!


As participantes deste estudo começaram a perceber melhoras a partir do 3º mês de uso da suplementação, ou seja, tenha paciência pois os resultados não são imediatos. 

Este estudo teve um resultado bastante animador, mas não são apenas os suplementos de ácidos graxos que podem ajudar as mulheres que sofrem todo mês com a TPM. Diversos outros suplementos podem ajudar a diminuir os sintomas. Veja abaixo:

Multivitamínicos

Procure multivitamínicos que contenham principalmente a vitamina C e a vitamina E que são antioxidantes, e a vitamina D que tem efeito anti inflamatório, além da vitamina B6.

Multiminerais

Procure pelo magnésio, que é miorelaxante, ou seja, causa relaxamento no músculo esquelético e potencializa os efeitos se combinado com a vitamina B6

Gaba

Ou L-Tiamina, que diminui a irritabilidade e a compulsão por doce.

5-HTP

Aumenta a serotonina, diminui o cortisol.

Bloqueadores de estrogênio

Procure no rótulo por “Indol 3 Carbinol” e por “Diindolmetado”. Pois são substâncias que regulam os níveis de estrógenos no organismo.

Melatonina

Quando os níveis de melatonina estão baixos, aumenta o nível do cortisol no organismo. O cortisol compete com a progesterona pelos mesmos receptores. Com menos progesterona o estrogênio aumenta.

Alimentos que diminuem a TPM

Outra maneira de reduzir o estrago da TPM no seu corpo e humor é usando a alimentação correta. Alguns alimentos podem ajudar de maneira pontual.

Alguns vegetais crucíferos benéficos incluem brócolis, couve-flor, couve-de-bruxelas, repolho-chinês, couve e nabo. Os vegetais crucíferos têm altos níveis de fitoquímicos, que ajudam o corpo a bloquear a produção de estrogênio.
como acabar com a tpm

Alimentos com enxofre incluem cebolas, vegetais de folhas verdes, alho, gemas de ovos e frutas cítricas. O enxofre ajuda a desintoxicar o fígado. E é no fígado que a progesterona e o estrogênio são metabolizados.

Muitos cogumelos ajudam a evitar que o corpo produza uma enzima que pode converter androgênio em estrogênio. Os mais úteis são shitake, portobelo e crimini.

A casca das uvas roxas contém uma substância química conhecida como "resveratrol" e as sementes contêm "proantocianidina". Ambas bloqueiam a produção de estrogênio.

Pesquisas recentes mostram que o chá verde contém fitoquímicos que podem ajudar a reduzir a produção de estrogênio no organismo

Consuma romãs. Elas contêm fitoquímicos também. Pode comê-las frescas ou ingerir o suco, tanto faz.

A relação entre o consumo de álcool e TPM

mulher de bikini bebendo cerveja
O estrogênio é metabolizado e filtrado pelo fígado, Níveis elevados de álcool no sangue deixam seu fígado desregulado. Quando isso acontece, os níveis de estrogênio podem aumentar.
Se os seus níveis de estrogênio ficam perto do limite considerado normal (perto de 600 picogramas/ml durante o pico ovulatório e perto de 400 pcg/ml durante as outras fases do ciclo menstrual), reduza o consumo de álcool para um copo ou menos por dia. No entanto, se você já estiver experimentando a dominância de estrogênio, corte o álcool de sua dieta completamente.

Exercícios físicos diminuem a TPM

Exercícios de intensidade moderada à alta têm o maior impacto sobre os níveis de estrogênio. Tente praticar de 15 a 30 minutos de exercício moderado por dia para começar a reduzir o nível do hormônio rapidamente.

A pesquisa sugere que as mulheres que já passaram da menopausa devem praticar pelo menos três horas de exercício moderado por semana se quiserem reduzir significativamente a quantidade de estrogênio circulando em seus corpos.
O exercício também pode levar à perda de peso. Como o estrogênio pode se esconder em células de gordura, reduzir seu número podem diminuir o nível dele também.

Conclusão

A TPM está associada a uma disfunção hormonal. Disfunção hormonal é um caso sério e se você apresenta os sintomas, procure um ginecologista, faça um exame de sangue para conhecer seus níveis de dosagem hormonal. Isso pode ajudar não só na academia, mas na sua qualidade de vida como um todo. Cuide-se!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você também pode gostar:

RECEBA POR EMAIL

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Dicas Maromba©Copyright 2012-2017

Este blog é meramente informativo. Não receitamos nenhum tipo de remédio, suplemento alimentar ou droga. Antes de começar qualquer atividade física, faça uma avaliação com um médico. Não tome nenhum suplemento alimentar ou esteróide anabolizante sem indicação de um médico. Seu corpo é seu bem mais precioso. Cuide-se!


Dicas Maromba©Copyright 2012-2017
Receba as novidades por email
Benchmark Email
Powered by Benchmark Email
Tecnologia do Blogger.